Associação Brasileira dos Criadores de Ovinos da Raça Morada Nova


 

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS CRIADORES DE OVINOS DA RAÇA MORADA NOVA - ABMOVA

 

 

MISSÃO:

 

 

“Congregar os associados para viabilizar o desenvolvimento sustentável da criação de ovinos da raça morada nova, com foco na agregação de valor, por meio da promoção da raça e do melhoramento genético para produção de carne e pele de qualidade, preservando o padrão racial”.

 

 



Escrito por ABMOVA às 09h48
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




1º Teste de Desempenho de Ovinos da Raça Morada Nova

 

A Associação Brasileira dos Criadores de Ovinos da Raça Morada Nova – ABMOVA estará realizando no período de 18/02/2008 a 26/05/2008 o 1º. Teste de Desempenho de Ovinos da Raça Morada Nova. O teste será conduzido em cooperação com a Embrapa Caprinos, tendo como parceiros a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Rural de Morada Nova – SEDER, o Sebrae-CE e a Federação de Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará – FAEC, no âmbito do Núcleo de Conservação e Melhoramento Genético da Raça Morada Nova, apoiado pelo Banco do Nordeste do Brasil – BNB com recursos do FUNDECI.

 

Com o teste objetiva-se fornecer subsídios aos criadores para comparar o mérito genético de seus animais com os animais de outros criadores, sendo um instrumento auxiliar de seleção de animais para reprodução. Além disso, os cordeiros de melhor desempenho serão selecionados como reprodutores a serem utilizados via inseminação artificial para a conexão genética entre os rebanhos do Núcleo de Conservação e Melhoramento Genético da Raça Morada Nova.

 

Todos os criadores de ovinos da raça Morada Nova estão convidados a participar.

 

Como participar?

- Inscrever cordeiros, dentro do padrão da raça Morada Nova, nascidos no período de 22/08/2007 a 21/10/2007 e pesando entre 12 e 25 kg de peso vivo.

- Inscrições limitadas a 42 cordeiros.

- Prazo de inscrição: até 01/02/2008.

- Entrada dos cordeiros: dia 18/02/2008 na Fazenda Ilha Grande Invernada – Morada Nova-CE

- Início da prova: 18/02/2008.

- Valor da taxa de inscrição: R$ 50,00 por animal.

- Forma de pagamento: R$ 25,00 no ato da inscrição e R$ 25,00 no início da prova.

 

 

Contatos para inscrições e maiores informações:

 

Francisco Eduardo Barros de Lima Júnior (ABMOVA/SEDER)

Tel: (88) 9964.2232

e-mail: abcormova@yahoo.com.br

 

Olivardo Facó (Embrapa Caprinos)

Tel: (88) 3677.7087

e-mail: faco@cnpc.embrapa.br



Escrito por ABMOVA às 09h26
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Normas de Execução do Teste de Desempenho

 

1. Participarão dos testes no mínimo 20 e no máximo 42 cordeiros com idade variando entre 120 e 180 dias (4 a 6 meses), PO ou Prove, e que não apresentem defeitos desclassificatórios para o padrão da raça. Cada criador poderá inscrever, no máximo, cinco (5) cordeiros para participar de cada teste. Dada a situação particular da raça Morada Nova, excepcionalmente, serão admitidos animais que possam obter o registro de base junto à Associação Brasileira do Criadores de Ovinos – ARCO. Assim, para o 1º (primeiro) Teste de Desempenho serão aceitos animais sem registro genealógico, desde que avaliados como dentro do padrão da raça pela comissão técnica da prova.

 

2. Os cordeiros serão enviados ao local da prova no período de um dia antes do início do período de adaptação.

 

3. Os cordeiros participantes dos Testes de Desempenho deverão estar identificados com brinco e/ou colar e tatuagem. Além disto, as seguintes informações serão necessárias para a participação do animal no Teste: nome, raça, sexo, categoria, data de nascimento, identificação do pai e da mãe, tipo de nascimento (simples, duplo ou mais) e pelagem. Para o 1º (primeiro) Teste de Desempenho os animais deverão ter peso mínimo de 12 kg (doze quilos) e máximo de 25 kg (vinte e oito quilos)

 

4. Será cobrada uma taxa por cada animal participante dos testes para cobrir todas as despesas com infra-estrutura, mão-de-obra, dentre outros.

 

5. Os cordeiros permanecerão em confinamento por um período de 14 dias, em fase de adaptação, recebendo à vontade ração constituída por feno de Tifton-85, e concentrado à base de milho e farelo de soja, além de água e sal mineral. Nesse período, serão executadas as tarefas de caráter sanitário, como vacinações e vermifugações.

 

6. Ao final do período de adaptação, os animais serão pesados em jejum alimentar e hídrico e divididos em lotes de acordo com seus pesos.

 

7. Nesta data, terá início o período do teste propriamente dito, com duração de 84 dias.

 

8. Os animais receberão diariamente, às 7 e às 15 horas, a ração total semelhante àquela fornecida durante a fase de adaptação, em quantidade que permita sobra de 10%. O ajuste na quantidade fornecida será feito diariamente, em função da quantidade de sobra do dia anterior.

 

9. A cada 14 dias, do início ao final do teste, será realizada a pesagem e a mensuração do perímetro escrotal dos animais.

 

10. No final da prova também serão realizadas mensurações da área de olho de lombo e da espessura de gordura através de ultrassonografia.

 

11. Os cordeiros serão avaliados em características de crescimento e escore visuais.

 

12. O processo de seleção dos animais será feito por intermédio do Índice de seleção (IS), que reunirá em um único índice, valores das características que integram os critérios de seleção: Ganho de Peso Médio Diário (GPMD); Perímetro Escrotal (PE); Área de Olho do Lombo (AOL) e Espessura de Gordura (EG), além das Avaliações Visuais (EV): Conformação (C), Musculatura (M), Precocidade (P), Tipo Racial (T) e Aprumos (A).

 

13. A escala de escores visuais para avaliar as características C, P, M, T e A variará de 1 a 6, sendo um o menor grau e seis o maior. Não serão atribuídas notas com sinal positivo ou negativo. Os escores serão avaliados da seguinte forma:

Conformação - Na apreciação da conformação, serão avaliadas as características presença de massa muscular e quantidade total estimada de carne na carcaça com aspectos de estrutura física boa e forte, incluindo os aprumos, e tamanho.

Precocidade no acabamento - Será avaliada pela capacidade ou grau de deposição precoce de gordura. Animais que atinjam a terminação (acabamento para o abate) mais cedo são os de interesse. Também será analisado o biótipo do animal. O tipo longelíneo, alto, com pouca profundidade de costelas caracteriza um animal mais tardio, enquanto que o de estrutura média, “troncudo”, com boa profundidade de costelas, boa massa muscular, virilha preenchida - desde que aliada a um bom desenvolvimento corporal - define o animal mais precoce, recebendo notas mais altas para esta característica.

Musculatura – O desenvolvimento da massa muscular será avaliado pela observação de pontos como o antebraço, a perna, a paleta, o lombo, a garupa e a largura e a profundidade dos quartos traseiros.

            Tipo Racial – Será avaliado o conjunto de atributos raciais preconizados no padrão oficial da raça Morada Nova: cabeça, pelagem, pigmentação da pele, etc.

            Aprumos – Serão avaliados a proporção, a direção e as articulações dos membros anteriores e posteriores.

 

14. A avaliação visual (EV) será realizada por 3 avaliadores indicados pela Embrapa Caprinos e ABMOVA.

 

15. Os animais serão selecionados para mais de uma característica simultaneamente. Essas características irão compor um Índice de Seleção (IS), que combina valores genéticos de várias características para dar, em geral, uma melhor base no processo de seleção dos rebanhos, bem como atingir seus objetivos de seleção.

 

16. O Índice de Seleção para a classificação dos cordeiros será o seguinte:

 

IS = GPMD (40%) + AOL (15%) + PE (10%) + EG (10%) + EV (25%)

 

17. Inicialmente, o conjunto de escores visuais (EV) terá influência de 25% no Índice de Seleção ao final da prova, com cada escore contribuindo com 5% na constituição do EV.

 

18. De acordo com Índice alcançado, os animais serão classificados em uma dessas 4 (quatro) categorias: Elite, Superior, Regular ou Inferior.

 

19. Os animais que forem classificados nas categorias Elite ou Superior, ficarão à disposição da Embrapa até que se complete a coleta e criopreservação de 100 (cem) doses de sêmen a ser utilizado no âmbito do projeto intitulado Núcleo de Conservação e Melhoramento Genético da Raça Morada Nova.



Escrito por ABMOVA às 09h25
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




TERMO DE RESPONSABILIDADE

 

 

 

Identificação do Declarante

 

Nome:

Profissão:

Endereço:

 

Documento de Identidade:                                             Órgão Expedidor:

CPF:

 

 

Eu, _______________________________________________________, declaro, por meio deste termo, que todos os animais submetidos por mim ao Teste de Desempenho de Ovinos da Raça Morada Nova estão sob minha responsabilidade. Além disso, isento a Associação Brasileira dos Criadores de Ovinos da Raça Morada Nova – ABMOVA, a EMBRAPA ou outros parceiros e quaisquer pessoas empregadas por qualquer responsabilidade no caso de morte, doença ou qualquer dano que ocorra aos animais durante o período da prova. Eu concordo com a publicação dos resultados finais do desempenho dos animais que participaram da prova. Concordo ainda em doar, a critério da EMBRAPA, no âmbito do projeto Núcleo de Conservação e Melhoramento Genético da Raça Morada Nova, 100 (cem) doses de sêmen, coletadas e criopreservadas pela Embrapa Caprinos, de cada um dos meus animais que obtiverem classificação Elite ou Superior.

 

 

Assinatura: _______________________________________________

 

 

 

Morada Nova – CE, 18 de fevereiro de 2008.

 



Escrito por ABMOVA às 09h21
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Ficha de Inscrição

Nome do Criador:

CPF:                                       RG:

Endereço:

 

Município:                                 Estado:                                 CEP:

Tel: (    )                                        Fax: (    )                                       

E-mail:

 

Fazenda:

Município:                                  Estado:                             CEP:

Tel: (    )                                     Fax: (    )

 

Número de Animais Inscritos:

 

Identificação dos Animais:

1. Nº do Brinco/Colar:           Tatuagem:          Data de Nasc.:            Peso:

2. Nº do Brinco/Colar:           Tatuagem:          Data de Nasc.:            Peso:

3. Nº do Brinco/Colar:           Tatuagem:          Data de Nasc.:            Peso:

4. Nº do Brinco/Colar:           Tatuagem:          Data de Nasc.:            Peso:

5. Nº do Brinco/Colar:           Tatuagem:          Data de Nasc.:            Peso:



Escrito por ABMOVA às 09h12
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 

Histórico
Categorias
  Todas as Categorias
  Evento
Outros sites
  Associação Brasileira de Criadores de Ovinos - ARCO
  Banco do Nordeste
  EMBRAPA
  GENECOC
  Prefeitura Municipal de Morada Nova
  SEBRAE-CE
  Universidade Federal da Paraíba
  Universidade Federal Rural do Semi-Árido
  UOL - O melhor conteúdo
Votação
  Dê uma nota para meu blog



O que é isto?